Carregando...
 
 
Brasília-DF, 01 de Novembro de 2008. Ano 4
Hoje
NOVEMBRO/2008
D S T Q Q S S
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30
Total de 33219 notícias
DISTRITO FEDERAL
Brasília já tem 35% de evangélicos
Enviado por Da Redação em 30/11/2008 11:23:41

Evangélicos de todo o Distrito Federal vivem hoje um momento de reflexão. O feriado do Dia do Evangélico, celebrado há 13 anos, foi criado a partir da lei distrital número 893/95 e, avisa o pastor da Igreja Bastista Central Ricardo Espíndola, durante todo o domingo os religiosos farão uma análise sobre o que a igreja tem feito pela sociedade.

A data serve para o evangélico ter mais consciência do que é a fé e até para ter um conforto espiritual. Não vamos celebrar apenas crença, mas meditar se estamos cumprindo os princípios pregados por Jesus Cristo, principalmente com relação com o próximo – complementou o pastor. Para os evangélicos, Jesus Cristo dá a salvação e a igreja desempenha o papel estrutural, atuando como ponto de reparação.

Segundo o pastor Ricardo Espíndola a cada dia aparecem novas pessoas em busca de conforto religioso. O último censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em 2000 projetava que em seis anos a proporção de evangélicos no DF aumentaria quase 6 %. Se a previsão realmente se concretizou e se o aumento se manteve estável, é possível concluir que mais de 35% da população segue a religião evangélica atualmente em um universo de mais de dois milhões e meio de pessoas.

A Igreja Batista Central, localizada na 603 Sul, foi fundada há 41 anos por 16 membros e hoje já conta com mais de 10 mil.

– Não existe como afirmar com certeza o número de evangélicos e a quantidade de igrejas que existem no DF, mas com certeza esta é uma das regiões em que o movimento mais cresce e ganha adeptos – argumentou o pastor.

– O censo informou que a religião já é a segunda no país, ficando atrás apenas da católica.

De acordo com Ricardo Espíndola, existem duas vertentes dentro da religião evangélica: o movimento  Carismático, que são as Assembléias de Deus, Deus é amor e outras, e as neopentecostais, formadas pela Sara Nossa Terra, Universal e Renascer.

– Centenas de igrejas abrem as portas diariamente e nem sempre temos conhecimento delas. Existe uma corrente dentro da religião que acha que deveria haver uma orientação melhor para essas novas casas, mas o protestantismo defende a individualidade na interpretação da palavra de Deus – acrescentou. ~Informações do Caderno Brasília (Jornal do Brasil).


MARANHÃO
Empresas ligadas a Fernando foram privilegiadas no governo Roseana
Enviado por Da Redação em 30/11/2008 10:15:42

Por Oswaldo Viviani, do Jornal Pequeno

A sangria aos cofres públicos de empresas ligadas à família Sarney que este ano estiveram no centro do noticiário nacional, e cujo escândalo mais recente foi a descoberta de um vultoso desvio de recursos na ferrovia Norte-Sul – já funcionava a pleno vapor na década de 80. Mas foi no governo Roseana Sarney (1995 a 2002) que a máquina de corrupção envolvendo obras públicas azeitou. Nesse período, o irmão de Roseana, Fernando José Macieira Sarney – superintendente do Sistema Mirante, investigado pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal – fez e aconteceu no estado, colocando à frente de todos os projetos governamentais mais importantes, onde a dinheirama corria solta, empresas controladas por pessoas com quem ele mantinha relações mais do que estreitas.

A oposição ao clã Sarney garantiu, na época, que os controladores eram meros “testas-de-ferro” de Fernando, usados para evitar problemas legais. Ao menos quatro empresas vinculadas ao irmão da então governadora abocanharam as maiores fatias de projetos públicos da era roseanista – grande parte deles coalhada de irregularidades: EIT, Planor, Premolde e Remoel.

A EIT tem como responsável Romildo Teles Pinto da Frota – parceiro antigo de Fernando Sarney e Cia. em inúmeros negócios obscuros. Quanto à Planor, são seus proprietários formais Gianfranco Antonio Vitório Artur Perasso e Flávio Barbosa Lima – apontados pela PF e pelo MPF como dois dos “cabeças” de uma organização criminosa, chefiada por Fernando Sarney, que frauda licitações, trafica influência, lava dinheiro e pratica outros crimes contra o sistema financeiro do país.

Gianfranco e Flávio são amigos de Fernando desde os tempos em que os três estudavam na Escola Politécnica, da USP, em 1978. No governo Roseana – como já foi relatado pelo JP diversas vezes – a EIT e a Planor protagonizaram o famoso escândalo da “estrada fantasma” Paulo Ramos-Arame (MA-008), em que 33 milhões de dólares (quase 100 milhões de reais à época) foram pagos às duas empresas pela então governadora Roseana Sarney por uma estrada de 128 quilômetros de extensão que nunca foi construída. A Planor também foi responsável pela terraplanagem do projeto Usimar, uma indústria de componentes automotivos que desviou R$ 44 milhões da Sudam e, a exemplo da Paulo Ramos-Arame, não saiu do papel.

Impunes, as empresas redirecionaram seu foco a Brasília – “Eldorado” dos vampiros dos recursos públicos – e há poucos dias uma delas – a EIT – foi flagrada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) praticando irregularidades múltiplas nas obras da ferrovia Norte-Sul, articulada com o “esquema Fernando Sarney-Ulisses Assad” na Valec, empresa estatal que toca as obras da ferrovia. Assad – ex-diretor da Companhia de Águas e Esgotos do Maranhão (Caema) no governo Roseana – foi colocado pelo senador José Sarney na diretoria de Engenharia da Valec.

Os postes de Fernando – Assim como no caso da EIT e da Planor, a família Sarney também misturou o público e o privado quando o governo Roseana não viu nada de mais em ter como fornecedor de postes pré-moldados para a Companhia Energética do Maranhão (Cemar) a Premolde Indústria de Artefatos de Cimento S.A. A empresa era controlada por Miguel Nicolau Duailibe Neto, primo de Jorge Murad (marido de Roseana) e Teresa Murad (mulher de Fernando Sarney).

A Premolde teve Fernando como sócio entre 1981 e 1985. Em 1983, o empresário assumiu a presidência da Cemar. Portanto, ao menos durante dois anos, o empresário comprou dele mesmo os postes utilizados pela companhia. Em 1985, Fernando transferiu suas ações da Premolde para Armando Martins Oliveira, irmão de Dante de Oliveira, que foi governador do Mato Grosso, falecido em julho de 2006.

A Remoel Engenharia, Terraplanagem, Comércio e Indústria Ltda., que atuava no setor elétrico, foi outra empresa controlada por amigos de Fernando Sarney que virou fornecedora do governo Roseana. Miguel Duailibe também aparecia como dono formal da empresa, que teve como sócio, entre maio de 1985 e abril de 1996, o mesmo Armando Martins Oliveira que aparecia na constituição societária da Premolde.


DISTRITO FEDERAL
Pressão por moradia só aumenta
Enviado por Da Redação em 30/11/2008 09:31:07

Um levantamento da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente mostra que, atualmente, cerca de 80 mil pessoas moram em locais irregulares em Brasília. Mais preocupante é que esse número pode chegar a 400 mil em apenas dez anos. O boom populacional representa 16% da população que hoje reside no DF, registrada em 2,5 milhões de pessoas.

As formas de infringir a lei são as mais variadas: loteamento irregular de terrenos, ocupação urbana de áreas rurais e invasão de terras de propriedade pública. O estudo mostra também que o desrespeito à lei não tem distinção de classe. Tanto a classe média quanto a baixa comete irregularidades e na mesma proporção. A única diferença são as áreas escolhidas.

Como forma de aliviar essa pressão por novos núcleos habitacionais, o Governo do Distrito Federal lançou o Plano Diretor de Ordenamento Territorial (PDOT), que propõe, ao todo, 16 novos setores habitacionais e 12 áreas a serem adensadas – ou seja, aumentar o número de prédios ou casas em cidades que já existem. Esses setores estão distribuídos em todas as áreas do Distrito Federal, mas voltados especialmente para a áreas sul e oeste do DF, onde o crescimento poderia causar, em tese, menos danos ao meio ambiente.

A regularização das invasões e as novas áreas propostas pelo projeto do GDF são os aspectos mais questionados e são os pontos-chave para a sustentabilidade do DF a longo prazo. O secretário de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, Cássio Taniguchi, afirma que o grande causador do desequilíbrio da demanda por imóveis são os altos preços praticados em Brasília. Sem condição de pagar valores próximos a R$ 1 milhão por apartamentos nas asas Sul e Norte, a classe média buscou opções nos loteamentos de áreas semi-urbanas, rurais ou de contenção urbana. São os chamados condomínios, no Lago Sul, Vicente Pires e Altiplano Leste.

A classe baixa, por outro lado, ocupou áreas públicas ou também loteou terrenos. É o caso da Vila Estrutural e das invasões de Samambaia e Recanto das Emas, por exemplo. Das áreas citadas pelo PDOT, 16 são voltadas para a classe baixa. Elas estão localizadas principalmente perto das cidades de Samambaia, Ceilândia, Gama e
Taguatinga, junto a rodovias e entroncamentos do metrô.


- É necessário que esse planejamento territorial seja feito porque amenizará os problemas de transporte que nós temos hoje. Há áreas onde os ônibus têm muita dificuldade de chegar – disse o especialista de trânsito do Ministério dos Transportes João Tavares. Informações do Caderno Brasília (Jornal do Brasil)


Da Folha de S.Paulo
Dantas lavou dinheiro no porto de Santos, acusa PF
Enviado por Da Redação em 30/11/2008 08:10:42

O banqueiro Daniel Dantas usou uma empresa dele que opera o terminal de contêineres do porto de Santos (SP), chamada Santos Brasil S/A, para lavar dinheiro que tinha fora do país, segundo documentos apreendidos pela Polícia Federal. Os papéis indicam que o próprio Dantas comprou debêntures da Santos Brasil com recursos que tinha no exterior.Para as autoridades brasileiras, parece que a compra foi feita por investidores estrangeiros, já que foram usados intermediários para esconder o real proprietário dos recursos, ainda de acordo com a polícia.
A PF acusa o banqueiro de ter lavado dinheiro de quatro maneiras pelo menos: com gado, mineração, empreendimentos imobiliários e comprando debêntures da Santos Brasil.

Dantas arrematou o terminal de contêineres num leilão de privatização em 1997, no governo de Fernando Henrique Cardoso. Pagou o equivalente a US$ 250 milhões para explorar o maior terminal de contêineres da América do Sul. O grupo Opportunity usou dois intermediários para trazer dinheiro sem origem que tinha fora do Brasil, segundo o relatório parcial da Operação Satiagraha. Num dos casos, o banqueiro pagou US$ 30 mil para usar uma "offshore" de Roberto Amaral, aparentemente o ex-diretor da empreiteira Andrade Gutierrez que ajudou Dantas a ampliar seus contatos no mundo político.

No outro esquema, o dinheiro sai das Ilhas Cayman, paraíso fiscal no Caribe onde Dantas opera um fundo de investimentos, e passa por fundos do banco UBS em Delaware, um paraíso fiscal dentro dos Estados Unidos. De Delaware, o UBS remete o dinheiro para um fundo brasileiro como se fossem recursos de investidores estrangeiros. Com o dinheiro do próprio Dantas, o fundo compra debêntures da Santos Brasil, segundo a interpretação da PF.

O esquema usado por Dantas é similar ao que o ex-prefeito Paulo Maluf empregou para comprar debêntures da Eucatex, segundo interpretação de policiais e procuradores que investigam o banqueiro. Em 1997, três fundos administrados pelo Deutsche Bank compraram US$ 92 milhões em debêntures da Eucatex. O Ministério Público Federal diz que as debêntures foram compradas com dinheiro desviado de obras da Prefeitura de São Paulo. Maluf sempre negou que tenha contas fora do Brasil e que desviou recursos da prefeitura, segundo sua assessoria.

No caso de Dantas, a polícia ainda não apurou o montante em debêntures que ele teria comprado usando intermediários. A Comissão de Valores Mobiliários registra em seu site que a Santos Brasil S/A emitiu R$ 110 milhões em debêntures em dezembro de 1997.


SANTA CATARINA
60% das áreas vistoriadas não poderão ser ocupadas novamente
Enviado por Da Redação em 30/11/2008 07:06:04

Aproximadamente 60% das áreas vistoriadas em Santa Catarina, na cidade de Blumenau, não poderão mais ser ocupadas, segundo análise feita por técnicos do Instituto Zoológico e do Intituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo. A equipe também vistoriou outras cidades, como Ilhota, para poder ter uma melhor noção da tragédia que atingiu os catarinenses. Comparando com as enchentes ocorridas em 1983 e 1984, os deslizamentos de terra causaram mais males.

Ouvida pelo Jornal Nacional, a meteorologista Gislânia Cruz declarou que o volume de chuva em Blumenau ultrapassou 900 milímetros em novembro, quando a média é de 110 milímetros. De acordo com a Defesa Civil do estado, o número de mortos já chega a 110 e pelo menos outras 19 pessoas estão desaparecidas. São 27.410 desabrigados e 51.297 desalojados. Ao todo, mais de 1,5 milhão de pessoas foram afetadas pelas chuvas e deslizamentos de terra.

O Porto de Itajaí, maior terminal de carga de congelados do país, só deve ser recuperado totalmente em dois anos, segundo declarou o governador de Santa Catarina, Luiz Henrique (PMDB). Apesar disso, ele deverá estar prestes a voltar ao funcionamento em duas semanas, segundo o superintendente do porto, Arnaldo Schmitt Junior, declarou ao portal Uol.

Parte da estrutura de um hospital de campanha que será montado na BR-101 foi transportada pela Aeronáutca neste sábado. O centro médico ficará no trecho Itajaí-Ilhota e irá atender a população das cidades mais atingidas de Santa Catarina. A previsão é de que o Hospital de Campanha da Aeronática comece a funcionar nesta segunda, com expediente das 8h às 16h.

Com a volta da chuva forte neste sábado, Santa Catarina volta a correr risco de novos deslizamentos, segundo a Defesa Civil. O objetivo do órgão é interditar áreas que não são consideradas de perigo mas podem desmoronar. Segundo previsões climáticas, a chuva deve continuar pelo menos até meados da próxima semana.

Profissionais da área de saúde interessados em auxiliar as vítimas das enchentes podem se cadastrar no site da Secretaria da Saúde de Santa Catarina - a partir dos cadastros, grupos de trabalho são organizados de acordo com a necessidade das áreas mais afetadas.



Previsão de mais chuva para o início da próxima semana em SC
Enviado por Da Redação em 29/11/2008 21:45:01

A Defesa Civil do Estado de Santa Catarina prevê mais chuvas para a região na próxima semana, por conta da formação de uma frente fria no Sul do Brasil, mas desta vez atingindo todo o Estado, inclusive o Oeste onde não chove há quase duas semanas na maioria dos municípios.  

Há risco de temporal isolado com ventos mais fortes, especialmente na divisa com o Rio Grande do Sul. Fica desta forma, a atenção voltada para a região da Grande Florianópolis, Vale do Itajaí e o Litoral Norte onde os níveis dos rios estão mais elevados e o solo encharcado, sem tempo para mudar essa cenário.

Domingo

De acordo com previsão do Centro de informações de Recursos Ambientais e Hidrometeorologia (Ciram) o domingo ainda terá pancadas de chuva na região da Grande Florianópolis, Vale do Itajaí e Litoral Norte Catarinense, com volumes em torno de 10mm a 20mm.

Apesar da presença de nuvens, haverá aberturas de sol em boa parte desta regiões, resultando em elevação da temperatura e formação de nuvens carregadas entre a tarde e a noite, o que favorece a ocorrência das pancadas de chuva. Informações do Estadão.



José Alencar passa mal e é internado no Sirio-Libanês
Enviado por Da Redação em 29/11/2008 21:34:22

O vice-presidente da República, José Alencar, foi internado, na tarde deste sábado, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Alencar participava de uma cerimônia em Resende, no Rio, quando sentiu fortes dores abdominais. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, o vice-presidente apresentava dor abdominal aguda ao dar entrada no hospital. Após a realização de exames, foi diagnosticado enterite (inflamação no intestino).

A equipe que assiste ao vice-presidente é composta pelos doutores Paulo Hoff, Roberto Kalil Filho e Marcel Cerqueira César Machado. Alencar, que enfrenta o câncer desde 1997, já teve que extirpar tumores no rim, estômago, próstata e hoje luta contra um sarcoma em tecidos moles.

Na quinta-feira, Dia Nacional de Combate ao Câncer, o vice-presidente pediu que os médicos discutam mais antes de prescrever um tratamento para câncer . Ele disse que as terapias ainda em fase experimental fazem os pacientes se sentirem cobaias. Informações do Globo Online.



Niemeyer é o Avô do Bom Colesterol na Espanha
Enviado por Da Redação em 29/11/2008 07:39:15

O arquiteto Oscar Niemeyer, que em 15 de dezembro completará 101 anos, foi nomeado hoje "Avô do Bom Colesterol", prêmio concedido pela espanhola Confraria do Colesterol, que promove hábitos alimentares benéficos ao coração. Niemeyer nasceu no Rio de Janeiro em 1907 e é reconhecido como um dos nomes mais influentes da arquitetura moderna mundial.O prêmio, que está na segunda edição, é uma proposta conjunta das autoridades locais de Avilês (Espanha), da Confraria do Colesterol e da Clínica Covadonga.Além disso, atualmente está sendo contruído em Avilês o único edifício projetado pelo arquiteto na Espanha: um centro cultural que se chamará Oscar Niemeyer. Da EFE

 



Desmatamento anual na Amazônia cresceu 3,8%
Enviado por Da Redação em 29/11/2008 01:28:05

O desmatamento anual na Amazônia, medido entre agosto de 2007 e julho de 2008, foi de 11.968 quilômetros quadrados, de acordo com o resultado do Projeto de Monitoramento do Desflorestamento na Amazônia Legal (Prodes), divulgado nesta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

A taxa de 2007-2008 é 3,8% maior que o desmatamento medido no período anterior, quando o Prodes registrou 11,2 mil quilômetros quadrados O Pará foi o campeão de desmatamento no período, com 5.180 quilômetros quadrados, mais de 43% do total. Mato Grosso vem em seguida, com 3.259 quilômetros quadrados de devastação, 27,2%, e em terceiro lugar, o Maranhão, com 1.081 quilômetros de desmate no período, 9% do total. Apesar de pertencer à Região Nordeste, o Maranhão é um dos nove estados da Amazônia Legal.

Rondônia, que ao longo do ano esteve entre os estados que mais desmataram nas medições mensais do Sistema de Detecção em Tempo Real (Deter), aparece em quarto lugar na lista do Inpe, com 1.061 quilômetros quadrados de floresta derrubada no acumulado do período.

Em Roraima, os satélites do Inpe registraram 570 quilômetros quadrados de desmatamento; no Amazonas, 479 quilômetros quadrados; no Acre, 222; e no Tocantins, 112 quilômetros quadrados. O relatório do Inpe não aponta desmatamentos para o Amapá no período.  O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, comentará os números do Inpe em entrevista à tarde. As informações são da Agência Brasil



José Dirceu critica ação do DEM contra Dilma
Enviado por Da Redação em 28/11/2008 18:17:00

O ex-ministro José Dirceu criticou, em seu blog, o partido Democratas (DEM) por ter entrado com representação contra a ministra Dilma Roussef, acusando-a e ter usado o Palácio do Planalto em evento político no qual teria sido feita suposta campanha eleitoral antecipada.

Dirceu lembrou a cerimônia em que o então candidato a prefeito dos Democratas, Gilberto Kassab, entregou um "checão" da prefeitura de São Paulo ao metrô durante campanha eleitoral, evento questionado pelo PT.

"Se o DEM nacional tomou essa iniciativa contra a ministra Dilma Roussef, mas seu principal líder, o prefeito paulistano praticou aquele ato no metrô durante a campanha, não parece que o partido segue a máxima do ‘faça o que eu digo e não o que eu faço'?", afirmou.



Justiça abre ação contra Marcos Valério e mais dez
Enviado por Da Redação em 28/11/2008 18:15:01

A Justiça Federal de Santos recebeu denúncia do MPF (Ministério Público Federal) e abriu processo contra o empresário mineiro Marcos Valério e mais dez pessoas por formação de quadrilha, conforme informações divulgadas pelo MPF nesta sexta-feira. O publicitário, suspeito de integrar o esquema do "mensalão" (compra de votos de parlamentares para apoiarem demandas do governo no Congresso), é acusado também pelos crimes de corrupção ativa e denunciação caluniosa.

O grupo de 11 pessoas é suspeito de forjar um inquérito na Delegacia de PF (Polícia Federal) daquela cidade para espionar as atividades de dois fiscais que conduziram ações que resultaram em uma multa milionária contra a cervejaria Petrópolis. Eles também são acusados de desmoralizar os fiscais.

A investigação forjada faz parte do núcleo de espionagem da Operação Avalanche, da Polícia Federal, que possui outros dois núcleos criminosos: de extorsão e fraude fiscal.A partir de agora, todos os 11 envolvidos no caso passam a ser réus na Justiça Federal. Oito dos acusados, incluindo Marcos Valério, já estavam presos preventivamente e permanecerão na cadeia.

Mensalão mineiro - Neste mês, o MPF (Ministério Público Federal) em Belo Horizonte denunciou Marcos Valério por crimes decorrentes do chamado "Mensalão Mineiro". Este seria o nome de um esquema criminoso que, em 1998, teria angariado recursos públicos, por meio de contratos superfaturados, para a campanha da reeleição de Eduardo Azeredo ao governo do Estado de Minas Gerais.


DISTRITO FEDERAL
GDF dará bolso de estudos em 2009
Enviado por Da Redação em 28/11/2008 18:11:39

A partir do ano que vem, mulheres com mais de 40 anos, desempregadas e sem renda, serão atendidas por um novo programa social. A Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest) destinará uma bolsa de estudos, de valor ainda indefinido, para quem se matricular em um dos cursos de qualificação profissional oferecidos pela secretaria. A boa notícia foi dada nesta sexta-feira (28), durante a entrega do Cartão Vida Melhor, que unifica programas sociais do GDF e governo federal, a 1068 moradores do Riacho Fundo I e II. Amanhã (29), no Caic Anísio Teixeira, na QNO 10, será realizada a entrega de 1,1 mil cartões a beneficiários de Ceilândia.
Ainda durante o evento, o governador José Roberto Arruda anunciou a ampliação do número de pessoas atendidas em programas sociais. "Os cadastradores da secretaria vão às ruas inscrever quem ainda não conta com o benefício e apresentar os requisitos exigidos pelo governo", explicou o governador. A partir da segunda-feira (01), moradores do Riacho Fundo I e II podem procurar o Centro de Referência e Assistência Social e a Gerência do Pão e Leite, ambos no Riacho I, para fazer sua inscrição.

O valor do benefício pode ser sacado em qualquer agência, posto de atendimento ou caixa eletrônico do BRB. Para facilitar o cadastramento das senhas pessoais, uma unidade móvel do banco estava à disposição dos moradores no ginásio de esportes do Riacho Fundo I, onde ocorreu o evento desta sexta-feira.

Vida Melhor

Com dois filhos matriculados em escolas da rede pública, a doméstica Ana Izabel Xavier da Silva, 33 anos, residente há 18 anos no Riacho Fundo I, está satisfeita com o novo cartão, que unifica programas como o Bolsa Escola, Bolsa Família e Cesta Verde. "Agora ficou melhor ainda com o aumento de R$ 120 para R$ 150. A gente pode comprar calçados, roupas e alimentos. Ajuda muito", reconheceu.

Ex-beneficiária do Bolsa Família, Evangelina Pereira Bezerra (ao lado do governador na foto), 60 anos, moradora do Riacho Fundo II, também gostou da troca pelo Vida Melhor. "Não preciso mais carregar a cesta básica nas costas até a minha casa. Posso pegar o dinheiro e comprar o que quiser no mercado", comemora Angelina, que recebe o cartão por ter um filho com deficiência. No caso dela, o benefício subiu de R$ 100 para R$ 130.

O cartão Vida Melhor já foi entregue a mais de dez mil moradores das regiões administrativas do Recanto das Emas, Planaltina, Ceilândia, Samambaia, Gama, Paranoá, Brazlândia, Estrutural e Guará.


DISTRITO FEDERAL
A história se repete na Câmara
Enviado por Carlos Honorato em 28/11/2008 17:38:15

Um observador atento da Câmara Legislativa diz que o cenário da sucessão na casa hoje é igual ao que elegeu o então pefelista Fábio Barcellos. A insistência de uma nome que não agregava ( o então deputado distrital Pedro Passos) e depois a tentativa de emplacar a Eurides Brito. Só que quando conseguiram acertar com a deputada, o PT ja tinha fechado com os rebeldes da época e ficado com a vice- presidencia.  

Todo mundo se lembra que os deputados ficaram confinados em uma casa no Lago Norte para evitar que o governo pudesse convencê-los a tomar um novo caminho. Hoje o que se diz é que o Pedro Passos do governo Arruda é o deputado distrital  Raimundo Riberio.


DISTRITO FEDERAL
Tiazinha no GDF
Enviado por Carlos Honorato em 28/11/2008 17:29:35

Alguns bem humorados secretários do GDF apelidaram um colega de Tiazinha, a modelo que fez muito sucesso na TV. A tradução é bem simples: mascarado e recebe todo mundo de chicote na mão.


GOIÁS
Depósitos em paraísos fiscais
Enviado por Carlos Honorato em 28/11/2008 11:18:07

Políticos de Goiás acreditam que as eleições para governador em 2010 terá como mote principal os depósitos ilegais feitos em paraísos fiscais da Europa. Toda a oposição trabalha em busca de provas que possam tirar do páreo um grande político goiano. Já sabem até que os depósitos estão em nome de um "laranja", mas não revelam o nome.



< Anterior | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | Próximo >
394 registros

Edição:


Sem frase

Sem enquetes no momento.

Sem broncas

Enviar bronca
MP3 Player


Iniciar sessao